Ácido Úrico | Confira alimentos que podem diminuí-lo

O excesso de ácido úrico no sangue pode se acumular nas articulações, causando dor intensa.

Se você deseja saber mais sobre essa substância e também conhecer alguns alimentos que podem ajudar a controlá-lo, leia o artigo feito pela equipe do Vila Alpina Cemitério:

Veja também: Veja temperos naturais para substituir o sal

O que é o ácido úrico?

Médico segurando teste de ácido úrico

O ácido úrico se forma após a digestão de proteínas, dando origem a uma substância chamada purina. A partir dela, são criados os cristais de ácido úrico, que se depositam nas articulações do corpo – resultando em dores intensas nessas regiões do corpo.

O excesso dessa substância no corpo só faz mal quando a pessoa já tem problemas renais pré-existentes (o corpo encontra dificuldade em eliminar o excesso da substância pelos rins, urina), ou tendência a apresentar artrites reumáticas, entre outros.

Como controlar e abaixar essa substância?

Em homens, os níveis de ácido úrico são considerados normais quando estão em 3,4 a 7,0 mg/dl no sangue. Na urina, os níveis normais são de 0,75 g/dia.

Nas mulheres, os níveis de ácido úrico normais do sangue estão em 2,4 a 6,0 mg/dl, e na urina, os níveis normais são de 0,24 g/dia.

Quando os níveis de ácido úrico no sangue e na urina estão acima, ou muito abaixo desses valores de referência, é considerado excesso ou falta da substância no corpo e precisa ser controlado.

Os sintomas que uma pessoa pode sentir quando está com o ácido úrico alto, são:

  • Dores, inchaço nas articulações, dedos do pé, tornozelo e joelhos doloridos.
  • Dificuldade de movimentar essas partes do corpo doloridas.
  • O local afetado fica vermelho e quente, bem como pode apresentar uma deformidade.
  • Pedras nos rins ou no trato urinário, causando dor intensa, infecções, vômitos, náuseas, entre outros.

Para se ter a certeza do nível de ácido úrico no sangue, o médico especialista irá solicitar exames de sangue e de urina completos, para que o diagnóstico seja assertivo e o tratamento comece a ser feito (que pode ser com o uso dos medicamentos).

Basicamente, o indivíduo deve mudar toda a sua rotina diária e alimentação, a fim de auxiliar o tratamento contra o ácido úrico alto:

  • Eliminar o excesso de sal, açúcar e alimentos altamente industrializados; 
  • Ingerir muita água: de 1,5 a 2 litros por dia;
  • Praticar exercícios físicos, bem como fazer alongamentos diários;
  • Criar uma dieta equilibrada incluindo alimentos como: legumes, frutas e verduras;
  • Pode-se ingerir iogurtes naturais, leite, ovos, cacau, cereais integrais, aspargos, ervilhas, feijão, soja, milho;
  • Alimentos não recomendados: caldos de carne, extratos, salsichas, linguiças, presuntos, mortadelas, fígado, rins, pão, arroz, macarrão, bebidas alcoólicas, camarão (em excesso);
  • Alimentos diuréticos permitidos: pepinos, melancia, salsão, alho, chuchu; 
  • Alimentos ricos em vitamina C: laranja, acerola, abacaxi, limão e etc.

Adotar uma dieta equilibrada e rica em nutrientes faz bem não só às pessoas que precisam diminuir os níveis de ácido úrico, como também as que desejam viver uma vida mais saudável.

Também pode te interessar: Saiba como se livrar da parte ruim do colesterol

No Vila Alpina Cemitério, você encontra todos os serviços e profissionais para organizar a cerimônia de sepultamento do seu ente querido, incluindo a parte burocrática. Entre em contato conosco e garanta mais tranquilidade nesse momento tão difícil.

Publicado em por .

Deixe um Comentário

FALE CONOSCO

TEMOS ATENDOMENTO 24 HORAS

11 4395-3266

ATENDIMENTO EXCLUSIVO

RECEBA UM ATENDIMENTO EXCLUSIVO, NÃO TENHA PREOCUPAÇÃO COM NADA, CUIDAMOS DE TUDO PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA.

A Vila Alpina Cemitério possuí uma equipe que auxilia a família com toda a documentação necessária. Cuidamos de tudo para que ocorra da melhor maneira.

ENTRE EM CONTATO E CONHEÇA NOSSOS PLANOS

FALE COM NOSSOS AGENTES

OFERECEMOS TODA A ORIENTAÇÃO
QUE VOCÊ PRECISA

  • Possuímos uma central de atendimento 24 horas.
  • Orientação detalhada para obtenções legais exigidas.
  • Preparação do corpo da pessoa falecida.
  • Agendamento de velório e organização da cerimônia de cremação.
  • Mestre de cerimônia atendendo todas as religiões.
LIGAR